sexta-feira, 8 de junho de 2012

Fran Alves, Sob Duas Visões... - Por Julio Revoredo e Luiz Domingues


 

No ano de 1984, o meu amigo Luiz Domingues, após a saída problemática dos vocalistas Veronica Luhr e Chico Dias, pediu-me para fazer uma sondagem em bares e shows, analisando possíveis vocalistas para A Chave do Sol.

Confesso que não me empenhei muito. Lembro-me que fui num sábado a um barzinho perto da casa do Rubens Gióia, depois a um show da banda Salário Mínimo no Teatro Paulo Eiró, em que fiz até um relatório, mas foi exatamente na terceira vez, num show ao ar livre no Parque da Aclimação, que eu descobri o vocalista que para mim seria o vocalista ideal para A Chave.
Foto de Fran no show citado pelo poeta Julio Revoredo, e click do próprio. Acervo : Julio Revoredo

Era o show de uma banda chamada "Ano Luz" e o vocalista, dono de uma voz rouca, potente e metálica, chamava-se Fran.

Após o final do show, eu fiz uma sutil abordagem, expliquei-lhe a situação e dias depois ele entrou para A Chave do Sol.

O seu nome real era Francisco Alves, nome de um antigo e famoso cantor dos anos de 1930 e 1940.


Fui parceiro dele em "Ufos", música da qual ele tirou uma frase da minha letra e usou-a como um autógrafo para mim.

Fran, aonde você estiver, um minuto além vamos nos encontrar.


Julio Revoredo



Após frustradas tentativas de agregar um novo vocalista para a banda, a indicação do poeta Julio Revoredo foi uma grande oportunidade.

Isso conjuminava com o fato de que a banda do Fran estava em seus últimos momentos, já decidida a encerrar atividades e dessa forma, foi um achado recrutar um vocalista de voz tão potente e com passe livre, sem outros vínculos artísticos.

Fran era um cara humilde, trabalhador e muito esforçado. Sua voz era de uma potência absurda, e a rouquidão natural dava-lhe um diferencial, um autêntico"drive" na garganta.

Sua performance de palco era dramática. Tinha um gestual forte e seu olhar fulminava a plateia. 

Gravou o segundo trabalho da banda, em 1985, o EP sem título, que os fãs apelidaram de "Anjo Rebelde", a primeira faixa da bolacha.

Ficou pouco tempo na banda. Entrou no final de dezembro de 1984 e em outubro do ano posterior, já estava de saída.
Curta, porém marcante participação.

Recebi no final de 2008 a notícia que Fran Alves nos deixara. Lá onde ele está agora, deve estar cantando uma letra do poeta Julio Revoredo que eu gosto muito, e que num verso diz : "A humildade é o caminho para a felicidade superior".

Luiz Domingues

















Julio Revoredo é letrista das músicas Ufos e Segredos, que foram gravadas no EP de 1985, da Chave do Sol, e na voz de Fran Alves.






Nenhum comentário:

Postar um comentário