quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Do Inferno ao Céu - Por Marcelino Rodriguez




Um dos trunfos que tem os anjos das trevas para levar grande parte da humanidade para os quintos dos infernos, sem dúvida alguma, é a música de péssima qualidade.
.
Levava eu uma distinta dama octogenária, linda e lúcida, para comprar um remédio, enquanto seu filho, nosso outro acompanhante, andava com o carro porque não tinha onde estacionar. A farmácia que entramos estava tão clara de luz que parecíamos, eu e a senhora, estrelas de Hollywood dentro de um set de filmagens.

Toda pessoa inteligente sabe que nem todas as estrelas do mundo ganham oscars.
--- A Senhora está nervosa? - Perguntei, ao ver que minha acompanhante tremia ao pegar a receita.
--- Não, é Parkinson.

Eu não imaginava que minha dama de cabelo prateado sofria desse mal. Tivemos que comprar o remédio depois de alguma burocracia em três drogarias, numa peregrinação soviética. Em uma dessas farmácias, tocava uma trilha sonora surreal na caixa de som logo na entrada, convidando ao infarto quem tem gosto musical e não é analfabeto do sentido :" sensualiza santinha, sensualiza santinha".

Eu levava minha acompanhante o mais rápido que podia em direção ao carro, posto que a senhora tinha que andar devagar, e ia pensando que tipo de gente aguenta esse tipo de música e , pior ainda, põe a tocar dentro de uma farmácia.

Entramos no carro, que tocava Vangelis, "12 Clock". Do inferno ao céu em segundos, pela música. O motorista, o outro acompanhante, sorria como um anjo. Ele sabia que saíamos da desgraça.

 

Marcelino Rodriguez é colunista fixo do Blog Luiz Domingues 2. Escritor de vasta e consagrada obra, aqui traz-nos uma crônica das mais criativas, um verdadeiro roteiro para um curta metragem, tamanho o seu poder cinematográfico sintético de contar uma história sui generis e ao mesmo tempo tão realista sobre o momento anticultural que o Brasil enfrenta.

2 comentários:

  1. Amei, retratou várias experiências que tenho em peregrinações pelas lojas. Quantas vezes deixei de entrar e comprar devido a trilha sonora de mau gosto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, muitos estabelecimentos abusam do som ambiente pelos decibéis em excesso e pelo extremo mau gosto na escolha da trilha sonora, e isso contribui decisivamente para espantar clientes.

      Grato por ler e opinar !!

      Excluir