segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Autobiografia na Música / Atualizações - Patrulha do Espaço - Capítulo 310 - Por Luiz Domingues

Hora do show, hora de homenagear a carreira de um dos Rockers mais perseverantes da história do Rock brasileiro e também de celebrar uma formação que muito orgulhosamente digo que está na história da Patrulha do Espaço. A expectativa era grande, pois se em 2014 eu havia tocado num show da Patrulha como convidado e nesse mesmo show, o Marcello esteve conosco no mesmo palco, desta vez, com a presença garantida de Rodrigo Hid, nós obviamente tínhamos desta feita, a nossa formação na sua totalidade e não seriam apenas duas músicas, mas um show de choque, ocupando quase a metade do espetáculo.
Patrulha do Espaço em sua formação "Chronophágica" (1999 / 2004), ensaiando dias antes do show, no estúdio Orra Meu de São Paulo. Da esquerda para a direita : Luiz Domingues; Rodrigo Hid; Marcello Schevano e na bateria, Rolando Castello Junior. Click de Daniel "Kid"

Cheguei no horário combinado para aguardar a realização do soundcheck, nas amplas dependências do Sesc Belenzinho. Já havia tocado ali com o Pedra em fevereiro de 2013, mas no seu belo teatro. Desta feita realizar-se-ia o espetáculo na dita "Comedoria", um neologismo que criaram para designar um imenso salão onde existe um restaurante e uma lanchonete e ali realizam-se também Shows musicais. Sem nenhum prejuízo artístico algum, o espaço chega a ser muito maior que o da famosa Chopperia do Sesc Pompeia, portanto, com um palco grande, contendo PA de enorme pressão e iluminação no mesmo padrão de um teatro, realizar shows ali é garantia de uma exibição de alto padrão. Como o objetivo era gravar todos os shows, vi que a unidade móvel do estúdio Orra Meu estava ali e com os irmãos Schevano e dois ou três técnicos trabalhando intensamente. Sou informado de que tais profissionais são altamente gabaritados na produção de áudio e que foram professores dos Schevano no curso que fizeram de operação / gravação de áudio, tempos atrás.
Fotos do soundcheck e no camarim com o amigo, Cesar Gavin, baixista e blogueiro da pesada. Patrulha do Espaço ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016  Clicks todos dele, Cesar Gavin 

Christine Funke, uma produtora musical que conheci em 2014, por ocasião do show Tributo em que participei em homenagem ao grande Hélcio Aguirra,e que tornara-se muito amiga minha e de meus companheiros nos Kurandeiros de Kim Kehl, seria a "road manager" dos shows, o que deu-me alegria, dada a nossa amizade sedimentada. No camarim, passei longo tempo conversando com Marta Benévolo e Daniel Dalello, vocalista e baixista da atual formação da Patrulha e ambos, muito gentis, com o tempo passando prazerosamente pela boa prosa regada a café com torradas. Aos poucos, muita gente conhecida foi chegando e agregando-se ao clima leve do camarim. O ótimo guitarrista Carlinhos Anhaia, um especialista em Country Rock; Paulão Thomaz, meu amigo desde 1984, mais ou menos; Ivan Busic que relembrou a gravação do LP The Key, da Chave do Sol em 1987, e como gravou a faixa "A Woman Like You", sem a esteira da caixa ativada...  

Muita gente amiga no camarim. Da esquerda para a direita, Marta (esposa de Paulo Zinner); Mariana Schevano (esposa de Marcello Schevano); Rogério Fernandes (vocalista do Carro Bomba); Paulão Thomaz (atualmente no Kamboja); Paulo Zinner e Luiz Domingues. Na frente, agachados, Paulinho "Heavy" (Inox) e Cesar Gavin (baixista e blogueiro). Foto : Bolívia & Cátia 

E tinha mais, os roadies da nossa fase, Samuel Wagner e Daniel "Kid", e cheguei a comentar com eles e na presença de Rodrigo Hid por perto : - "só faltou o nosso motorista, o "seu" Walter e seus gritos ensandecidos : -"sai da frente do azulão, seus FDP" !!
Rogério Fernandes, vocalista do "Carro Bomba" e Paulinho "Heavy", vocalista do Inox, e o excepcional Paulo Zinner, também circulavam pelo camarim festivo. Outra figura sensacional, o baixista e agitador cultural / blogueiro da pesada, Cesar Gavin, aproveitou a ocasião para gravar diversas entrevistas nos bastidores, eu incluso, e claro, com o foco no Rolando, o grande homenageado dessa celebração toda. Conversamos muito sobre o meu livro, minha carreira, com direito a outros trabalhos por onde passei e foi muito prazeroso esse contato com um dos agitadores culturais mais bacanas do métier.

Amigos queridos e personagens super citados no meu livro, em épocas e situações diferentes e / ou paralelas. Da esquerda para a direita : Marcelo "Pepe" Bueno (baixista do Tomada e meu ex- aluno); Cesar Gavin (baixista e blogueiro / agitador cultural); Luiz Domingues; Luiz Carlos Calanca (dono da loja / gravadora "Baratos Afins" e produtor de dois discos da Chave do Sol nos anos oitenta), e Luciano "Deca"(guitarrista e meu colega de Pitbullls on Crack nos anos noventa... we've have a lift off !!). Patrulha do Espaço ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016. Foto : Bolívia & Cátia

Soundcheck realizado sem muita demora, a pressão estava boa no palco e agora era aguardar o início do espetáculo que dar-se-ia com a Patrulha atual (mas nem tanto, pois o guitarrista titular, Danilo Zenite, não pode comparecer e assim, Marcello Schevano assumiu), com vários convidados avulsos, incluso a esposa do Marcello que tocou bateria na música "Robot". Quando chegou a nossa vez, assim que subi ao palco, vi que uma reação muito forte irrompeu na plateia, e mirando nos rostos das pessoas, pude ver em seus semblantes, uma emoção sincera. Tal sentimento batia de encontro com a nossa em estar revivendo a nossa formação. Não era uma "volta", todos estão comprometidos com outros trabalhos e o Rolando toca a Patrulha do Espaço para frente com sua nova formação e ele mesmo tem outros trabalhos paralelos. Mas um show de choque doze anos depois foi um prazer, claro e acima de tudo, um resgate e um presente aos fãs do trabalho.

Doze anos depois e a formação Chronophágica novamente reunida. Uma mágica só possível graças ao Pote de Pokst, certamente... Patrulha do Espaço ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016. Fotos : João Pirovic 

Tocamos com muita garra o nosso repertório e mesmo não tendo havido tempo hábil para mais ensaios e apuro, os pequenos erros cometidos foram irrelevantes e creio termos feito uma apresentação na altura das que fazíamos quando estávamos unidos trabalhando regularmente e em grande forma artística.
Patrulha do Espaço ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016. Fotos : Leandro Almeida 

Foi um prazer enorme tocar "Tudo Vai Mudar", pela canção em si, mas sobretudo pelo que representa em termos de "espírito chronophágico", o que sonhávamos mudar, o "religare" com que tanto sonhei, enfim... 
Patrulha do Espaço ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016. Fotos :Bolívia & Cátia

O público respondeu com muito calor humano e senti muitos flashs de máquinas fotográficas, e as inevitáveis filmagens com telefones celulares e tablets. De fato, horas depois e já havia repercussão com tal material pelas redes sociais, o que foi bem legal e espelhou bem o clima dessa apresentação.
Patrulha do Espaço ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016. Fotos : Robson Tiburcio Paiva 

Missão cumprida, não na "Área 13", mas uma página avançada da formação chronophágica foi escrita nessa noite de 4 de novembro de 2016. Está de parabéns o Rolando pelos seus 50 anos de carreira e sem ceder em um milímetro em suas convicções Rockers, o que num país como o Brasil, tem valor dobrado, ou muito mais que isso.

"Tudo Vai Mudar" ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016. Postado por Washington Santos

Eis o Link para assistir no You Tube :
https://www.youtube.com/watch?v=JLoUY6CFKNU

"Homem Carbono" ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016. Postado por Washington Santos

Eis o Link para assistir no You Tube :
https://www.youtube.com/watch?v=cPEn1u834IQ   

E fica a perspectiva de mais um capítulo para a Patrulha do Espaço, entre o final de 2017 e início de 2018, quando fatalmente descreverei o lançamento dos CD's e DVD's da caixa comemorativa que será lançada dessa turnê, e eu até já sei quais faixas da nossa formação foram escolhidas para figurar no CD, mas não vou contar... deixa o lançamento acontecer
Luiz Domingues em destaque, como nos velhos tempos em que exercia a "Retomada" do sonho dos "Sixties". Patrulha do Espaço ao vivo no Sesc Belenzinho de São Paulo. 4 de novembro de 2016. Foto : Regina de Fátima Galassi

Portanto, continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário