segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Autobiografia na Música - Pitbulls on Crack - Capítulo 46 - Por Luiz Domingues

E finalmente, preciso de um espaço maior para relatar um show de grande proporção que realizamos no início de julho de 1994.

 
Nessa fase, colhíamos os frutos de dois anos e meio de trabalho. Na metade de 1994, tínhamos uma situação espetacular, pois a música "Under The Light of The Moon" tocava exaustivamente na 89 FM, ficando todo dia por meses, no top 10 das mais tocadas, e muitas vezes sendo a "1ª do dia", ganhando destaque numa promoção criada pela Rádio, chamada "Super Power". O "campeão do dia", ganhava mais execuções, e gerava assim, um efeito cascata. Por outro lado, o clip da música tinha grande exibição na MTV, também, aumentando o efeito dessa divulgação. Estávamos fazendo muitos shows, e o portfólio já ostentava um considerável volume de matérias de jornais e revistas.
Carta oficial que recebemos do Fundo de Solidarieddade do Governo Estadual de São Paulo, agradecendo por nossa participação no Festival Beneficente do Ginásio do Ibirapuera em abril de 1994, assinada por sua diretora, a então primeira Dama do Estado, Dona Ika Fleury
 
Tínhamos feito um show de grande repercussão, recentemente (o show beneficente para 12 mil pessoas no Ibirapuera), e com toda essa movimentação, recebemos um convite irrecusável da MTV. Eles queriam produzir um show com quatro bandas para um especial denominado "Peso Local".
Claro que aceitamos, pois seria gravado ao vivo numa casa de shows muito famosa na época (Olympia), com promessa de divulgação maciça, fora a exibição na TV. E assim, fomos gravar a nossa participação nesse evento, no Olympia, uma casa que costumava abrigar shows internacionais nos anos 1980 e 1990.
Eu mesmo assisti ali, diversos artistas internacionais famosos da décadas de sessenta e setenta, tais como : "Uriah Heep"; "Black Sabbath"; "Rainbow"; "Peter Frampton"; "Santana"; "Emerson, Lake and Palmer"; "Jethro Tull"; "Nazareth"; "Ian Gillan Band", e "Yes". Era uma grande casa; com estrutura de palco; camarins; cenografia; iluminação, enfim, uma grande oportunidade pelo show em si, e também pela exibição na MTV, claro. O Olympia era um sonho de consumo para todo artista emergente. A estrutura de Luz e P.A. era da casa, e era de alto nível, obviamente. O equipamento de palco (backline), foi fornecido como patrocínio pela "Meteoro", fábrica de amplificadores. Colocaram uma montanha de amplificadores, como manda o figurino de um show de Rock de porte.
Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário