domingo, 1 de março de 2015

Autobiografia na Música - Pitbulls on Crack - Capítulo 63 - Por Luiz Domingues

 
Voltando aos shows, a próxima apresentação foi novamente num local pouco glamoroso, e com baixíssima audiência. Era como se estivéssemos novamente em 1992, galgando humildemente o calvário inevitável de uma banda estaca zero...
Dessa forma, estávamos no palquinho do "Advance", uma modesta casa noturna, e desta feita perante um público (ou seriam testemunhas ?), de apenas 20 pessoas (9 de junho de 1995). Tendo a banda "Out of Bounds" como abertura, e nenhuma ocorrência especial que tenha marcado na minha memória. Mas no dia seguinte, estávamos num evento de maior projeção.

Era um evento ao ar livre, patrocinado pela Prefeitura de São Paulo, e que realizou-se no Largo da Matriz, no tradicional bairro da Freguesia do Ó, zona noroeste de São Paulo. Com o palco montado de frente para a bela Igreja, no Largo que é exatamente igual ao das pracinhas de cidades interioranas.
A Freguesia do Ó, e bairros vizinhos daquela região, era um tradicional reduto de adeptos do Punk-Rock nos anos oitenta, tanto que o Gilberto Gil fez sucesso com a música "Punk da Periferia", que falava sobre isso, e cita a Freguesia do Ó. Mas ali, no calor da metade dos anos 1990, isso estava bem diluído, e o público que formou-se tinha de tudo, incluso punks (sempre atraídos pela presença do Chris, e sua ligação com o "Cock Sparrer"), mas tudo num clima tranquilo.
Um dos organizadores do evento era o Clemente, dos Inocentes, e ele estava meio chateado porque esperava um público maior do que apresentou-se.
Foi um evento no início da noite, onde dividimos o espetáculo com o "Rip Monsters", dos amigos Zique; Johnny; Alja, e Gastão. Como já disse, em se considerando o fato de ser um evento ao vivo, deveria ter tido um público maior. Mas, tudo bem, as 500 pessoas presentes (na estimativa da PM), agitaram e gostaram, apesar de serem duas bandas evidentemente sem nenhum apelo popular, e ambas cantando suas canções em inglês. Aconteceu em 10 de junho de 1995.

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário