segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Autobiografia na Música - A Chave do Sol - Capítulo 55 - Por Luiz Domingues


Voltando à cronologia, passada essa aventura de autoprodução bem mal sucedida no ponto de vista financeiro, esvaziamos as nossas reservas acumuladas na fase de vacas gordas de tantas apresentações dos últimos meses nas casas noturnas, principalmente no Victoria Pub, onde o cachet era realmente gordo. 

Sem alternativas de curto prazo, nos resignamos em torno da ideia de nos prepararmos novamente para tocar em casas noturnas, onde infelizmente teríamos que voltar a inflar o repertório com covers.

Só que havíamos perdido a Verônica, e mesmo com todos os problemas que ela criava, inegavelmente a sua voz era espetacular, e sua aparência abria portas, lógico.


Dessa maneira, passamos a ensaiar uma série de covers, onde o Rubens e o Zé Luis se dividiriam entre os vocais, principalmente.

Quando ensaiamos um material suficiente, gravamos uma demo caseira, e começamos a peregrinação por bares, à cata de novas oportunidades de apresentações.

Não queríamos mesmo voltar a tocar no Devil's, e no Café Teatro Deixa Falar, além do Café Palheta, então buscamos algo que fosse o meio termo entre essas casas, e o Victoria Pub.

Essa busca iniciou-se por volta da metade de maio de 1983. 


A maioria não se dignou nem a responder...

Vou contar a história de um que foi, digamos, muito "gentil", pois respondeu por telefone que não havia gostado de nós, mas que devolveria o material que lhe enviamos. 

Ficamos surpresos, pois a realidade é fazer do material, rascunho de mesinha de telefone, no caso dos impressos, e sumir com fitas e/ou Lp's (referindo-me à "mídias"daquela época, claro).

Tratava-se de um bar bem famoso, chamado "Calabar", que ficava em Cerqueira César, bairro nobre, e próximo à Av. Paulista. 


Fomos buscar o material e ficamos estupefatos !! 

Nos devolveram o material gráfico todo amassado, e quando fomos ouvir a fita K7 no carro do Zé Luis...pasmem !! 

Haviam gravado um jogo do Santos FC em cima !!

- "Lino passa para Pita, que abre para João Paulo, que cruza e ...Goooollll !! Serginho Chulapa de cabeça"...

Quanta gentileza do barzinho...



Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário