domingo, 30 de novembro de 2014

Autobiografia na Música - A Chave do Sol - Capítulo 206 - Por Luiz Domingues

Essa matéria no Jornal da Tarde pontuou a nossa posição desconfortável em participar de dois eventos conflitantes entre si...de fato, ficamos na berlinda com essa situação.

E ainda havia um certo mal estar nosso com o produtor Barbieri, pois ele nos colocara numa posição de destaque, como open act de um dos sábados do evento, ou seja, destaque do melhor dia, e nós havíamos fechado com a organização do evento "Praça do Rock", para nos apresentarmos no mesmo final de semana, ou seja, estávamos indiretamente, colaborando com um certo desvio de foco do próprio evento.

A sorte, é que mesmo chateado, o Barbieri acabou entendendo o nosso ponto de vista que era legítimo em certos parâmetros, e portanto dava-nos respaldo ético, ou seja, não podíamos recusar oportunidades boas para a nossa carreira...

E de fato, naquela semana, pelo fato de estarmos em dois eventos que tiveram ótima repercussão na mídia, capitalizamos muitas matérias, recheando o portfólio, além de chamadas de Rádio e uma intervenção na TV, direta, fora menções nesse mesmo veículo.

Só para ilustrar o meu descontentamento pessoal (ainda falando das minhas crises de arrependimento por posicionamentos estéticos assumidos), eis aí, alguns trechos mais críticos e elucidativos, das matérias que saíram na mídia mainstream : 


1) Folha da Tarde - 27 de julho de 1985 :

"...80 roqueiros começaram a descarregar seu raivoso e energético som metal..."

"...Um importante passo, especialmente levando-se em conta que as mais de cinquenta bandas paulistanas de Rock, espalhadas pelos bairros do Jabaquara, Pompeia, Vila Mariana, Santana, Casa Verde e Ipiranga - tradicionais bolsões do movimento "metal"- , só tem suas casas e garagens para ensaiar, e, para se apresentarem, dependem dos festivais colegiais e do interesse e da boa vontade dos donos de clubes noturnos da periferia..."

"...imagem de violência emanada pelo visual agressivo de suas roupas de couro pretas, seus braceletes metálicos e cintos cravejados de tachas..."

"...Precisamos demolir esse folclore de violência, afirma Marco Antonio, de 18 anos, que usa aparelho nos dentes..."

"...Quando falamos em nossas músicas de demônios e bruxas, isso é uma máscara para contarmos o que está acontecendo no mundo..."

"...estudantes, office-boys, comerciários ou simplesmente músicos..."

2) Jornal da Tarde - 27 de julho de 1985 :

"...um fato curioso na formação desses 19 grupos que estarão no "Metal, Rock & Cia.", é que nenhum deles tem deles tem mulheres entre seus integrantes..."

"...O número de fãs dos grupos de Rock pesado , do sexo feminino, é bem reduzido se tomarmos como base a presença nos shows que vem acontecendo...

 

Bem, algumas frases extraídas de algumas matérias. Na Folha de São Paulo , a matéria foi ipsis litteris da publicada na Folha da Tarde, por serem do mesmo grupo editorial. Já no Estado de São Paulo, a matéria foi bem mais respeitosa, mas preguiçosa, pois praticamente copiou o release da assessoria de imprensa do Sesc. E na Veja, saiu só a nota do show, com serviço.

No Jornal da Tarde, foi engraçado, pois a matéria sobre o show no Sesc saiu ao lado sobre a "Praça do Rock", num box, e em ambas, estávamos citados.

Nesse mesmo dia do show no Sesc, e em meio à essa enxurrada de matérias na imprensa escrita, tivemos menções na TV e chamadas de rádio, mas em relação à "Praça do Rock", que aconteceria no dia seguinte, participamos de uma micro entrevista no programa "SP TV", da Rede Globo. 


Por volta das 11:00 h. da manhã, comparecemos em peso ao Parque da Aclimação, na zona sul de São Paulo, onde acompanhados de músicos de outras bandas, concedemos rápida entrevista nesse jornal televisivo, com a repórter Monica Puga, que com seu forte sotaque carioca, dizia na abertura que : -"roqueiros da pesada vão se apresentar neste palco, neste domingo..." 

https://www.youtube.com/watch?v=leJqJbzQ3B8
A Praça do Rock na TV - 1985
Cobertura da Globo, através de seu jornalismo, SPTV, para a edição da Praça do Rock de julho de 1985. Filmado no sábado, dia 27 de julho de 1985, e o show ocorreu no dia seguinte, domingo, 28.

Eu não falei nada nessa entrevista, pois seguindo o padrão desse tipo de jornalismo, foi uma reportagem que não durou nem dois minutos. Só o Rubens fez uma rapidíssima intervenção nos representando, e Dalam Jr. falou pela organização do evento.

Bem, foi uma semana rica em capitalização de exposição na mídia, mesmo com algumas ressalvas já citadas.

Falo sobre os shows, agora...


Continua... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário