sábado, 5 de abril de 2014

Autobiografia na Música - A Chave do Sol - Capítulo 112 - Por Luiz Domingues


No dia do show, ficamos felizes por ver que notas na imprensa grande, anunciavam o show. 

Era esperado, porque a casa estava na crista da onda, sendo a danceteria mais badalada da cidade, num momento onde haviam muitas, e todas abarrotando de gente. 

Chamava-se "Radar Tantã", e ficava localizada num antigo galpão de fábrica, no bairro do Bom Retiro, centro de São Paulo.

Era uma fábrica imensa, e seguindo uma tendência europeia, manteve a arquitetura rústica de suas instalações, com as paredes de tijolos, estrutura antiga do teto e piso rústico. Como modernidade, apenas o palco que era pré-montado, e seguia o padrão de palcos montados para shows ao ar livre. 

Os camarins atrás do palco, deviam ser as antigas instalações de vestiários e sanitários para funcionários da velha fábrica. Eram  igualmente instalações antigas, mas em condições de uso, portanto chegavam a ser charmosos pelo estilo retrô.

Era o segundo final de semana da casa em funcionamento, pois na semana anterior, havia sido inaugurada pelo Barão Vermelho, em sua plena forma, e com Cazuza no auge. 

Era uma tremenda responsabilidade, pois se por um  lado, A Chave do Sol era uma banda em ascensão, por outro, não éramos banda mainstream, com sucessos pop nas rádios etc etc.

A casa tinha alguns donos. Uma das sócias era a Dedé Veloso, ex-esposa de Caetano Veloso, e que esteve presente no dia, desde a passagem do som. Um fator extraordinário mudaria completamente o rumo desse show, não artisticamente, mas no seu aspecto financeiro... 

Ocorreu que a moça que fechou a data, nos telefonou na manhã do dia do show, e nos comunicou que não poderia estar presente, pois estava fortemente gripada, e muito indisposta. 

Perguntou-nos se não nos importávamos em nós mesmos acertarmos o cachet com o gerente da casa, e mediante instruções sobre como procederíamos sem sua presença, despediu-se e combinamos de acertar a parte dela, depositando o valor cabível de sua comissão, na segunda-feira. 

Sem problemas nesse sentido, fomos ao show, mas uma surpresa nos aguardaria em relação ao cachet...
                      Foto Promocional de julho de 1984

Continua...  

Nenhum comentário:

Postar um comentário