segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Autobiografia na Música - Língua de Trapo - Capítulo 123 - Por Luiz Domingues


No dia seguinte, o clima estava meio constrangedor comigo. Mas como já mencionei anteriormente, a briga acalorada entre dois Línguas na noite de sexta, tratou de desviar o foco do meu comunicado.

Porém, infelizmente, o Laert sentiu, e claro que eu me senti muito mal com isso, principalmente por ele, pelos motivos óbvios, e que já expus em profusão, durante toda a narrativa.


Dali em diante, o João Lucas me procurou algumas vezes para conversas reservadas, onde tentou demover-me de minha decisão. 

Sua argumentação era carregada de bom senso, eu admito. A sua intenção em não desestabilizar a banda, era perfeita, e claro, mais uma mudança de baixista seria um saco para eles, no meio de uma temporada. 

De fato, vendo pelo lado do bom senso, ele tinha toda a razão pelo ponto de vista da banda, e também olhando pelo meu próprio interesse pessoal, pois não tinha cabimento deixar uma banda com agenda forte; excelente entrada na mídia; um empresário ativo; bons relacionamentos no métier etc etc, em troca de uma banda emergente; com apenas um compacto simples em mãos, e fechada no nicho do Rock (como agravante, o fato de ser no métier underground do rock "pesado", e nem ao menos ser da turma do BR Rock 80, e que surfava nas ondas do pesadelo Pós-Punk, incensado da época...). 

Enfim, meu único argumento era o de estar correndo atrás de meu sonho Rocker, e o Língua, apesar de eu gostar, e ter laços afetivos com o trabalho, não podia suprir tal necessidade visceral para mim. 

E no fundo, o Laert sabia bem disso, desde 1976...

Apesar dessa dura comunicação que tive de anunciar, fizemos o último show dessa segunda mini temporada no Rio de Janeiro, com a mesma determinação e qualidade de sempre. 


No dia 10 de junho de 1984, 300 pessoas nos assistiram e se divertiram com as músicas satíricas do LT, saindo satisfeitas do Circo Planetário.

Um hiato de shows, raro, deu-nos alguns dias de folga. Haveria um show em São Paulo nesse meio tempo, antes de irmos à Ribeirão Preto, no interior do estado, mas esse show redundou num estranho cancelamento in loco...




Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário