domingo, 27 de outubro de 2013

Autobiografia na Música - Língua de Trapo - Capítulo 101 - Por Luiz Domingues


Ainda falando da temporada no Rio de Janeiro, os últimos três shows foram muito bons, mas sem nenhuma novidade extraordinária que eu me lembre.

No dia 13 de abril de 1984, 260 pessoas compareceram; e encerrando a temporada, no dia 14 de abril de 1984, 330 pessoas compareceram.

Dois meses depois, voltaríamos ao Rio para mais uma temporada de shows, todavia num outro espaço, e eu contarei na cronologia, certamente.

Voltando à São Paulo, estávamos contentes com o resultado dessa etapa carioca da turnê. 


Eu, por minha vez, me ambientei bem na cidade, e daí em diante, viraria um habitue, conhecendo muita gente e fazendo contatos, para A Chave do Sol, principalmente.

Descansamos uns dias, após meses de extenuante agenda de compromissos. No meu caso, não, pois todas as brechas que apareciam serviam-me para ir trabalhar com A Chave do Sol.

Nosso próximo compromisso seria o reinício de uma nova temporada de shows no Teatro Lira Paulistana e com o adendo do novo disco saindo do forno, o Compacto Simples gravado no próprio Lira.

Eu, particularmente, que não participei do primeiro LP e sentia-me frustrado, pois era da formação original, estava ansioso por esse lançamento.

 Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário