sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Autobiografia na Música - Língua de Trapo - Capítulo 95 - Por Luiz Domingues

Voltando dessa aventura rocker no longínquo Recreio dos Bandeirantes, chegamos no apartamento da rua Barata Ribeiro, com os ouvidos zumbindo...o Herva Doce realmente tocou muito alto naquela noite.

Na segunda-feira, tínhamos o dia livre novamente, um "Day-off" de turnê, o que era uma delícia, certamente. Ocupei o meu dia, visitando livrarias e sebos nas redondezas, e Copacabana tem vários, muito interessantes. 

De volta ao apartamento, o Pituco veio me contar que no cinema da Av. Prado Júnior, há um quarteirão de onde estávamos hospedados, estava passando o novo filme de Steve Martin, e que era sensacional, porque homenageava o cinema noir dos anos 1940.

Não precisou falar duas vezes, e eu, cinéfilo de carteirinha, fiquei bastante interessado em assistir. 


Então, pegamos a sessão das 17:00 h, eu, Pituco Freitas e Paulo Elias. 

Me senti numa "dolce vitta felliniana" por estar em plena segunda-feira, indo ao cinema despreocupadamente num horário desses, mas esses dois Days-off  vieram a calhar, pois desde outubro, vinha num ritmo frenético dentro do Língua, e usando as raras brechas que surgiam, para trabalhar com A Chave do Sol.

Então, dar um descanso de dois dias no Rio de Janeiro, foi providencial. 


O filme foi demais. "Dead Men Don't Wear Paid" ou "Cliente Morto Não Paga", é uma comédia com uma riqueza de detalhes rara, no trabalho quase sempre pastelão do Martin.

Emendando trechos de filmes clássicos do estilo noir quarentista, o personagem de Martin interage com tais personagens em situações de tais trechos, num brilhante trabalho de roteiro e edição.

E a noite, os demais membros que haviam viajado à São Paulo para passar os dois dias de folga, já estavam de volta ao apartamento-QG do Língua .

A lembrança foi a de ficarmos assistindo a cerimônia do Oscar de 1984, na TV velha do apartamento, fazendo nossas apostas, pois praticamente todos curtiam cinema.

Na terça, voltaríamos ao "batente", retomando a turnê no Rio.



Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário