segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Autobiografia na Música - Língua de Trapo - Capítulo 105 - Por Luiz Domingues


Outra fato curioso foi a intervenção acintosa de uma entidade de cunho religioso, ligada ao catolicismo e com ideias políticas de ultradireita, na porta do Lira Paulistana, abordando as pessoas que aguardavam a fila da bilheteria. 

Com o objetivo de sabotar nossos shows, abordavam as pessoas tentando demovê-las da intenção de assistirem o show, alegando que éramos comunistas, ateus e outras coisas semelhantes.

Ao que me consta, ninguém nunca deixou de assistir o show por conta dessa abordagem agressiva contra o nosso trabalho, e ao contrário, tal empreitada acabava sendo objeto de escárnio pelo radicalismo demodeé da parte deles.

Não me lembro ao certo, mas acredito que foram duas ou três vezes fazer essa campanha de convencimento sabotadora, mas não passou disso, sem a ocorrência de nada mais grave.



Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário