quarta-feira, 8 de julho de 2015

Autobiografia na Música - Pitbulls on Crack - Capítulo 108 - Por Luiz Domingues

Só complementando  o episódio do tiroteio de coreanos, a repercussão desse caso foi enorme. No dia seguinte, todos os jornais publicaram matérias gigantes, e foi destaque nas suas respectivas capas. Todos os noticiários de rádio e TV deram destaque, também, e até no Jornal Nacional, da TV Globo, foi falado com ênfase. Ainda na cena do crime, um dos músicos que estavam nesse sufoco, e que eu não conhecia, achou uma pistola deles na calçada, e entregou-a para um policial, depois que estava tudo sob controle.

Outro, de outra banda, pegou cápsulas de projéteis que achou pelo chão e pasmo, disse ter contado mais de 90, só ali naquele pequeno espaço onde ficamos abrigados. Vários carros foram alvejados, buracos nos muros das casas, e algumas vidraças foram quebradas...
Conclusão : foi um milagre ninguém ter morrido ou ter sido ferido gravemente. Só o Chris foi alvejado de raspão, sem gravidade. O fato de termos ficado num fogo cruzado, entre 6 pistoleiros de um lado e 4 do outro, significava um autêntico campo de batalha. Só um último detalhe : e o guardinha do estacionamento ??  Quando tudo acalmou-se, ele saiu da casa e disse-nos, que os orientais chegaram e de armas em punho, "convidaram-no" a entrar na casa e não chamar a polícia. Disseram que não eram assaltantes e que ele não metesse-se em seu negócio, pois o matariam se ele não cooperasse. Pode ser verdade, claro.

Mas também correu a história que ele protegeu-se assim que viu os elementos chegando. Nesse caso, já deveria ter chamado a polícia e avisado o pessoal do Spectrum a não deixar ninguém sair do estúdio. Prefiro acreditar que foi omisso pela primeira hipótese...
Convencidos a fazer o show com o Chris de braço imobilizado, o próximo passo foi ir à Sorocaba. E claro, era o POC...
Na van, em uma hora de estrada, foi uma sessão de gargalhadas ininterruptas, e adivinhem quais eram as piadas...

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário