quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Autobiografia na Música - Kim Kehl & Os Kurandeiros - Capítulo 19 - Por Luiz Domingues


As próximas apresentações ocorreriam novamente no Magnólia Villa Bar.

No dia 6 de março de 2013, os Kurandeiros tocaram novamente no formato de quinteto, com os reforços de Nelson Ferraresso e Phil Rendeiro, sempre bem vindos e enriquecedores.

Tivemos mais uma data no Magnólia Villa Bar. 

Era o dia 8 de maio de 2013 e com Phil Rendeiro engrossando as fileiras dos Kurandeiros, tocamos numa noite fria, ainda que as noites de maio não fossem verdadeiramente frias há tempos, desde que o fenômeno do "aquecimento global" começou a nos assolar...

No dia 8 de maio de 2013, tocamos como quarteto, sem a presença do ótimo tecladista Nelson Ferraresso.

Mas enfim haveria uma apresentação num palco maior, e com a oportunidade de se tocar somente o repertório autoral da banda, que era sempre mais prazeroso para todos nós.

Estávamos escalados para tocar na Feira de Artes da Vila Pompeia. Se por um lado era animador, pelo outro, minhas experiências com a Feira anteriormente, tocando com a Patrulha do Espaço e o Pedra, haviam sido estressantes, devido à balbúrdia que geralmente é apresentar-se nesses festivais com muitas bandas e inevitáveis problemas de organização, atrasos, produtores e técnicos mal humorados, dificuldade para estacionar o carro etc etc...

Bem, lá fomos nós...

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário