sábado, 3 de outubro de 2015

Autobiografia na Música - Pedra - Capítulo 40 - Por Luiz Domingues

 
Muito embora não tivéssemos feito nenhum contato prévio e premeditado, eu e Rodrigo tínhamos uma lembrança de um baterista jovem que possivelmente encaixar-se-ia como uma luva no trabalho. Ele tinha todos os atributos, pois era tecnicamente excelente, tinha grande apreço pelo Rock 1960 / 1970, e pelo que lembrávamos, tinha um extremo bom gosto no seu modo de trajar-se, tornando-o um artista de visual retrô muito legal, embora fosse cronologicamente bastante jovem. Seu nome era Ivan Scartezini. 
Eu e Rodrigo o conhecêramos por volta do ano 2000, vendo-o tocando numa banda de Rock de características retrô, excelente, chamada "Quarto Elétrico". Eles chegaram a abrir alguns shows da Patrulha do Espaço, e logo tornaram-se amigos, comparecendo em diversos outros shows, mesmo quando não estavam envolvidos em fazer show de abertura. A minha lembrança pessoal era a melhor possível, pois logo na primeira vez que vi-o tocar com o Quarto Elétrico, fiquei impressionado com sua técnica e pegada. Era um garoto jovem, mas tocando com aquela desenvoltura dos mestres sessenta / setentistas, e indo além, com um incrível gestual, que nem todo baterista técnico consegue conciliar. Aliás, com esse gestual, no atual panorama do Rock, só conheço atualmente ele, Ivan, e o Roby Pontes, que foi o último baterista do Golpe de Estado, que aliás é da mesmíssima escola, já que é um amigo fraternal do Ivan, há muitos anos. O Rodrigo por sua vez, conhecia-o ainda melhor, visto que quando saímos da Patrulha do Espaço, em 2004, iniciou ensaios com Ivan e meu ex-aluno Thiago Fratuce, também baixista do "Quarto Elétrico", visando gravar um disco solo. Portanto, estava até acostumado a tocar com ele, e o conhecia bem como pessoa. Com esses elementos todos, o Xando confiou em nossas indicações e resolvemos abordá-lo, assim que possível.

Sabíamos que naquele momento ele estava envolvido em dois trabalhos : tocava numa banda cover capitaneada pelo editor da Revista Poeira Zine, o jornalista e baixista Bento Araújo, e como músico de apoio da banda do compositor / cantor e guitarrista, Denny Caldeira, chamada "Os Borbulhantes". Um ensaio dessa banda cover do Bento Araújo estava agendado para acontecer dali a alguns dias no Overdrive Estúdio, e daí, programamo-nos para fazer uma abordagem inicial, e sentir a receptividade dele, Ivan.
Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário