segunda-feira, 25 de maio de 2015

Autobiografia na Música - Pitbulls on Crack - Capítulo 78 - Por Luiz Domingues

As reuniões realizadas na sede da gravadora, visando o "brainstorm" sobre o aparato de divulgação do CD, foram hilárias. Recentemente, haviam contratado um publicitário para comandar o marketing da gravadora (Alexandre Madeira), e esse rapaz era criativo e aberto às sugestões da banda. Foi nesse momento que eu exerci um poder de persuasão forte, e fui induzindo o brainstorm para tudo remeter aos anos sessenta.

Toda a ideia do encarte do disco, remeteu à psicodelia sessentista, com muita lisergia; cores, e evocações àquela década. Com isso, as ideias imprimidas para capa e encarte, acabaram dando sentido para todo o aparato que cercou o lançamento do disco. A ideia seria casar com um conceito e essa "ode", impulsionou tudo. O Pitbulls on Crack não era certamente a plataforma correta para fomentar tais ideias (e ideais), mas era clara a minha intenção em reaproximar-me de minhas raízes perdidas há tantos anos, e certamente, foi um embrião para que tudo isso explodisse um ano depois, com a criação do projeto "Sidharta", e que acabou culminando com a volta da Patrulha do Espaço à cena. Mas o assunto aqui é Pitbulls on Crack...
Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário