segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Autobiografia na Música - Ciro Pessoa & Nu Descendo a Escada - Capítulo 13 - Por Luiz Domingues


E o primeiro show estava enfim marcado.

A data marcada era 9 de dezembro de 2011, uma sexta-feira. 


O local, era um café teatro charmoso, na região do "baixo" Augusta, chamado "Club Noir", frequentado principalmente por pessoas do meio teatral, mas com frequência de músicos; artistas plásticos, e intelectuais em geral. 

Em princípio, mesmo não conhecendo a casa, fiquei com a impressão de que seria um ambiente interessante por demonstrar uma afinidade com o trabalho do Ciro, todo calcado em surrealismo e psicodelia sessentista, principalmente.

Ficamos animados, claro, mesmo sabendo que tratava-se de uma casa pequena, mas era um início para esse trabalho, e projetávamos assim, uma continuidade e sobretudo, uma ascensão para patamares melhores, onde desfrutaríamos de uma infraestrutura mais adequada para o trabalho ser executado, como merecia, ou seja, com condições de som; luz, cenografia etc.


Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário