segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Autobiografia na Música - Kim Kehl & Os Kurandeiros - Capítulo 13 - Por Luiz Domingues

 

Após dois compromissos com o Ciro Pessoa, onde eu e Kim Kehl estivemos juntos na banda "Nu Descendo a Escada", que o acompanha, voltamos à carga com os Kurandeiros para mais duas apresentações no Magnólia Villa Bar, encerrando o ano de 2011.

Foram apresentações animadas, talvez pelo fato do espírito natalino, e de Reveillon nos rondando...


No dia 21 de dezembro de 2011, a banda base teve o acréscimo do ótimo tecladista Nelson Ferraresso, que sempre abrilhantava muito o som da banda, logicamente.

E repetimos a dose no dia 28 de dezembro de 2011, desta feita, sem o Nelson, infelizmente. 


No show do dia 28, uma particularidade engraçada se deu, quando um grupo de jovens estrangeiros apareceu repentinamente, e se divertiu para valer, dançando muito ao som dos nossos Rocks, principalmente.
"Sou Duro" no dia 28 de dezembro de 2011, com direito ao tradicional solo do Kim, "passeando" pelo público

O link para assistir no You Tube :
https://www.youtube.com/watch?v=62u-zp13Ih8

O ano de 2011 se findava, e sob o luar da madrugada do dia 29 já avançando, nos despedimos na porta do Magnólia, acreditando que teríamos um 2012, muito legal. 

Particularmente, estava agradecido por ter sido lembrado pelo Kim, para mais um trabalho na minha longa carreira já naquela ocasião, e assim, desde agosto de 2011, estar com os Kurandeiros. 

Era (é), uma banda de amigos, e sem frescuras, tornando o ambiente sempre amistoso, e sem nenhuma possibilidade de haver tensões.

Assim encerrou-se 2011... 

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário