domingo, 6 de dezembro de 2015

Autobiografia na Música - Patrulha do Espaço - Capítulo 253 - Por Luiz Domingues


Chegamos em Novo Hamburgo para tocar na segunda feira.

O show de Vacaria havia sido cancelado na noite anterior de domingo, mas o de Novo Hamburgo estava confirmado, sem nenhum indício em contrário.

Chegamos na bela cidade gaúcha com tranquilidade e a temperatura estava amena, ainda bem.

Tocaríamos novamente numa casa noturna simpática, cuja decoração temática aludia aos Beatles, fazendo jus ao seu nome : Abbey Road.

Já havíamos nos apresentado ali em 2002, e houvera sido um grande sucesso de público, portanto, tínhamos a perspectiva de repetir a dose, quiçá superá-la.

Montamos o backline e realizamos o soundcheck com tranquilidade, quando uma conversa estranha irrompeu nos bastidores e o Junior não apreciou o rumor.

Não cabe aqui esmiuçar o fato, pois é desagradável e não acrescentaria nada à minha autobio e mesmo porque estaria caindo no erro do julgamento. 

O que cabe dizer, é que envolvia um desmando do que havia sido previamente acordado em termo de valores e sem acordo para chegar à um bom termo, o Junior endureceu a negociação, ou melhor, a renegociação e diante do impasse, cancelou o show.

Não foi a primeira vez que eu passei por esse tipo de situação na carreira, e aliás, no futuro teria mais vezes esse tipo de dissabor, infelizmente.

Acho que no frigir dos ovos, o Junior agiu corretamente como "empresário" que era forçosamente da banda, mas foi bastante frustrante desmontar o palco sob desilusão completa, e pior ainda, foi conversar com muitos fãs da banda que já se aglomeravam na porta do estabelecimento, absolutamente surpreendidos pela notícia do cancelamento e frustrados, naturalmente.

Uma pena mesmo, e assim, deixamos de tocar em Novo Hamburgo na noite de segunda feira, 5 de maio de 2003.

Bem, só nos restava cair na estrada e irmos diretamente para Porto Alegre, onde o dono da casa noturna onde tocaríamos se prontificou a abri-la ainda naquela noite em caráter excepcional, só para podermos guardar o backline da banda.


Continua... 

Nenhum comentário:

Postar um comentário