sábado, 6 de junho de 2015

Autobiografia na Música - Sala de Aulas - Capítulo 46 - Por Luiz Domingues

Eu, Luiz Domingues, e Rodrigo Hid em foto de 1996, na minha sala de aulas

Ainda mencionando Rodrigo Hid, claro nem passou-me pela cabeça que aquele adolescente seria um companheiro de trabalho anos depois. Ali e por muitos anos, só fui admirando o seu talento pessoal, sem elucubrar absolutamente nada nesses termos, naturalmente, nessa época.
Marcelo Bueno, e os irmãos Schevano; Ricardo e Marcello, em foto de 1996, na minha sala de aulas

E o mesmo ocorreria em relação à Marcello Schevano, que só vim a conhecer no final de 1994. E nessa altura, esse núcleo novo de garotos antenados em anos 60/70, já passava a dar a tônica. 
Marina Yoshie; eu, Luiz Domingues & Alcione Sana, em foto de 1996, na minha sala de aulas

Agrupando-se à Alcione Sana, que já era aluna desde 1991, e mostrava-se espontaneamente uma fã de sonoridade "sixtie", além da benção do "professor" Nelson Maia Netto, essa passou a ser a nova diretriz, fazendo dos poucos que ainda falavam de Heavy-metal oitentista, e até mesmo o Grunge, que era fresquíssimo em 1993, a minoria.

Poucos se ligavam em som indie, como o Gustavo que foi roadie do Pitbulls on Crack em seus primórdios e mesmo ele, "contaminou-se" com a atmosfera 60/70 que passou a dominar a minha sala de aulas doravante. 

Tanto que ainda nesse ano de 1993, tomei uma iniciativa que muitos cultuadores dos velhos LP's de vinis vão odiar saber, mas doei para o Gustavo, todos os meus discos cujas respectivas cópias em CD eu havia adquirido.

Ele, mostrando-se cada vez mais interessado, levou mais de 100 para a sua casa, e espero que os tenha ouvido bastante.

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário